Casal estuda meios para compensar baixo nível da barragem do Catolé

Pouca quantidade de água não é suficiente abastecer região alta da capital

torneira_int

O baixo nível da barragem do Catolé está prejudicando o abastecimento da Cidade Universitária, Clima Bom e de localidades adjacentes (conjunto Eustáquio Gomes, conjunto Medeiros Neto e loteamento Esplanada). Todos na parte alta da capital alagoana.

O problema se deve ao volume de água disponibilizado pelo manancial que não é o suficiente para que o Sistema Aviação, que abastece essas áreas, trabalhe com sua capacidade integral.

De acordo com Carlos Estephano, coordenador técnico da Unidade de Negócio Benedito Bentes, da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), o volume de chuvas nos quatro primeiros meses de 2016 não foi suficiente para recuperar o nível da barragem.

O técnico afirma que a companhia está estudando formas de melhorar o abastecimento dessas localidades, mas que a população também deve colaborar evitando o desperdício de água.

Medidas simples são de grande ajuda: verificar se há vazamento em torneiras, usar balde para lavar carros e vassoura para limpar calçadas são alguns exemplos de uso racional da água.

Francisco Alves – Agência Alagoas

Artigos relacionados