Casal cria grupo de trabalho para implantação da Lei Geral de Proteção de Dados

Foto: Reprodução

A Diretoria da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) instituiu uma equipe multidisciplinar para analisar e apresentar as melhores estratégias de implantação na empresa da Lei Federal 13.709/2018, mais conhecida como Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

A equipe multidisciplinar, que constitui um grupo de trabalho, está empenhada em apresentar a melhor solução para a aplicação da LGPD no âmbito da Companhia. Por isso, tem realizado reuniões com grupos semelhantes de outras empresas de saneamento, com consultorias e especialistas jurídicos.

Os profissionais integrantes do grupo esperam que, em até 90 dias, consigam apresentar o relatório final à Diretoria da Presidência da Casal. Segundo eles, a LGPD  vai alterar consideravelmente a estrutura da Companhia no que tange aos dados, de forma física e digital, bem como à postura da empresa perante o público externo, através de seus canais de atendimento e mídias sociais. Como consequência,  haverá um canal próprio para receber as demandas relacionadas com a Lei.

O grupo de trabalho é coordenado pela Gerência de Tecnologia da Informação (Getin), da Companhia, e conta também com os seguintes membros:

  • Inaldo Lourenço – Gerência de Tecnologia da Informação (Getin);
  • Marcelo Moreira – Superintendência de Desenvolvimento Organizacional, Compliance  e Gestão de Riscos (Sudeo);
  • Mariana Mendonça – Superintendência Jurídica (Sujur);
  • Cláudio Duda – Superintendência de Logística e Suprimentos (Sulos);
  • Moisés Vieira – Gerência de Operações Comerciais (Geroc);
  • Andreiza Maia – Auditoria Interna (Audin)
Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo