Câmara aprova Prêmio Paulo Gustavo de valorização do humor e da comédia

 

 

Foi promulgada pela Câmara dos Deputados nesta quinta-feira (7) a resolução que institui o “Prêmio Paulo Gustavo de valorização do humor e da comédia”, a ser concedido a artistas, personalidades, grupos, organizações ou iniciativas que contribuem ou tenham contribuído de forma relevante para a cultura brasileira.

“O prêmio fará justa e oportuna homenagem a um dos maiores artistas do humor do País”, afirmaram na justificativa da proposta os autores, deputados Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e Marcelo Ramos (PL-AM). O ator, diretor e produtor Paulo Gustavo morreu em maio último, aos 42 anos, em decorrência da Covid-19.

O Plenário aprovou substitutivo elaborado pela relatora, deputada Marília Arraes (PT-PE), com ajustes na proposta. “Num País que convive com tanta miséria e tristeza, levar alegria à população constitui verdadeiro sacerdócio”, afirmou.

As indicações poderão ser feitas por quaisquer deputados e deverão considerar ações nas áreas de humor e comédia, artes circenses e formas de comicidade popular. Entre outros, será vedada a indicação de servidores públicos e de pessoas e empresas proibidas de contratar com a administração pública.

O prêmio será concedido pela Comissão de Cultura e pela 2ª Secretaria da Câmara e consistirá em diploma de menção honrosa aos agraciados, que serão escolhidos por conselho julgador. A regulamentação caberá à Mesa Diretora.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo