Cabo Bebeto mostra preocupação com possibilidade de novo “lockdown”

O deputado Cabo Bebeto (PTC) mostrou-se preocupado com a possibilidade de um novo lockdown, diante da probabilidade de uma segunda onda de coronavírus (Covid-19), em Alagoas. Ele apelou ao Governo do Estado que seja mais compreensível, pois, segundo o parlamentar, o comércio não suportará um novo isolamento. “Existem diversas maneiras de controlar (o avanço do vírus) e cuidar das pessoas, mas certamente a nossa economia não aguentará outro lockdown ou algo parecido”, alertou Bebeto.

Hospital Metropolitano
O atraso na conclusão das obras do Hospital Metropolitano também foi cobrado pelo deputado. “É importante lembrar ao governador do Estado que se deve dar celeridade à entrega do Hospital Metropolitano, que em setembro passado completou dois anos de atraso da previsão inicial para entrega das obras”, observou Cabo Bebeto, lembrando que no início deste ano visitou o local, quando fora informado que o hospital seria entregue parcialmente no mês de março e totalmente em julho deste ano. “O que, até agora, não aconteceu. Temos um hospital com uma estrutura física enorme, muito bonita, mas que, na prática, não foi entregue 100% à população”, destacou o parlamentar.

Concursos
Outro tema abordado por Cabo Bebeto foi o anúncio, através de redes sociais, de que o Governo do Estado está planejamento a realização de um novo concurso público para a área da segurança pública. Ele parabenizou o Executivo pela iniciativa, mas chamou a atenção para que, antes da realização do certame, o Governo faça a contratação da reserva técnica da Polícia Militar, aprovada no concurso realizado em 2017. “Que, inclusive, foi prometido pelo governador Renan Filho, durante sua campanha à reeleição. Foi dada esperança a eles. Foram usados para sua reeleição e depois esquecidos”, criticou Bebeto, temendo que a reserva técnica de 2017 tome os mesmos rumos da reserva técnica de 2006, que só foi contratada pelo Estado após determinação da Justiça. “Se o Governo reconhece que é necessária a realização de um concurso, que aproveite esse pessoal já aprovado”, observou Bebeto, informando que ficará atento aos novos editais que serão publicados.




Botão Voltar ao topo