Cabo Bebeto denuncia crime de violência contra mulher ocorrido em Junqueiro

O deputado Cabo Bebeto (PTC) usou a tribuna nesta quinta-feira, 1º, para denunciar mais um caso de violência contra a mulher em Alagoas. O parlamentar disse que esta semana, na cidade de Junqueiro, na região do Agreste, um homem identificado como João Batista dos Santos Júnior, inconformado com o fim do relacionamento, invadiu a casa de sua ex-companheira e a esfaqueou no pescoço, evadindo-se do local após o ato criminoso. “Graças a Deus ela não morreu. Está internada e ele continua ligando pra ela, dizendo que vai ‘terminar o serviço’”, denunciou.

Revoltado com a situação, Cabo Bebeto informou que irá colocar a foto do agressor em suas redes sociais, para que a população possa ajudar a encontra-lo. “Espero que a polícia o encontre, mas, se as pessoas confiarem em mim, digam onde ele se esconde que eu mesmo vou buscá-lo”, disse o deputado. Segundo ele, há mais de ano a vítima tem sido alvo de ameaças por parte do seu ex-companheiro. “Ela só não prestou queixa na delegacia, porque a família de João Batista solicitou que ela relevasse, sob a promessa de que ele não iria mais agredi-la. Infelizmente não foi isso que aconteceu”, concluiu.

Em aparte, a deputada Ângela Garrote (PP) lamentou o episódio e disse ter solicitado do Governo do Estado concurso público para delegados de polícia o mais rápido possível. “Muitos crimes, inclusive os de violência contra a mulher, poderiam ser resolvidos se a gente tivesse um maior número de policiais”, destacou.




Botão Voltar ao topo