BPA flagra crimes ambientais em Marechal Deodoro

No começo da manhã de terça-feira (17), a guarnição Ambiental 01, pertencente ao Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) localizou uma área no município de Marechal Deodoro onde uma série de crimes ambientais eram praticados.

Após acionamento via Copom, a guarnição foi ao ponto onde, possivelmente, estaria ocorrendo desmatamento em área de restinga. Entre os ilícitos constatados no local, à luz da Lei nº 9.605/1998, estavam: cortar árvores em área de preservação permanente (Artigo 39), provocar incêndio em área de floresta (Artigo 41) e transformar em carvão madeira de lei (Artigo 45).

Na área havia ainda uma caieira em plena atividade (espécie de forno utilizado para queimar madeira e cujo funcionamento polui a atmosfera pela fumaça que provoca), mas que foi destruída pelos agentes. Havia ainda focos de incêndio e diversas árvores que tinham sido derrubadas.

Nenhum envolvido nos crimes foi encontrado, mas além da destruição da caieira, os policiais realizaram o procedimento de mensuração da área degradada e o registro fotográfico.




Botão Voltar ao topo