Beleza, história e cultura do Quilombo são pauta na TV Globo

A terra e a história de Zumbi dos Palmares, líder da resistência negra e indígena nos tempos de colônia, será pauta de uma edição do programa Como Será, da TV Globo. As gravações aconteceram essa semana em União dos Palmares e a edição será exibida no mês de agosto.

Unir passado e presente das comunidades quilombolas é um dos intuitos da edição gravada em Alagoas. O apresentador Alexandre Henderson ressalta a importância do lugar e de contar sua história.”A reportagem está sendo muito bacana. Fazer um trabalho desse está no DNA do Como Será. A gente trabalha muito com essas questões de inclusão, diversidade, da luta contra o racismo. É um programa que faz parte da responsabilidade social da Globo e eu fico muito orgulhoso, primeiro porque pisei poucas vezes em um Quilombo e estar aqui no Quilombo de Palmares tem uma força muito grande. A gente podendo levar isso para uma tv aberta, num programa de sucesso,  é muito legal porque o racismo e o preconceito racial estão na agenda de discussão no país e precisamos aprofundar esse discussão”, contou Alexandre Henderson.

Sobre a experiência vivida no Quilombo, o apresentador Alexandre se disse emocionado. “Foi uma experiência profissional e pessoal incrível. Eu senti a dor e a delícia de ser negro. Quando se fala de quilombo, a gente fala de resistência, de tolerância religiosa. Aqui aconteceu um dos maiores genocídios da história do mundo e isso merece ser contado para muitas pessoas até para se criar no país um sentimento de empatia que ainda falta no Brasil. A região pode, não só pelas belezas naturais, mas pelo teor histórico que a terra viveu, discutir isso de uma forma bastante profunda”, afirmou.

O “Como Será?” é exibido nacionalmente sempre aos sábados durante a manhã e tem duração de duas horas, divididos em três blocos. Para a secretária de Cultura do município de União dos Palmares, Dorinha Cavalcante, a visibilidade da tv aberta nacional será importante para região. “Será uma visibilidade muito importante para o nosso município, esperamos que contribua para o desenvolvimento do turismo da nossa cidade”, contou Dorinha Cavalcante.

Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, a mídia espontânea pode se tornar um grande diferencial na atração de turistas para a região. “A região dos Quilombos está cada vez mais forte na atração de turistas. Duas horas de exibição da nossa cultura e atrativos em um veículo como a TV Globo com certeza irá contribuir ainda mais para o desenvolvimento da região. Além disso, obras estruturantes em andamento, como o acesso a Serra da Barriga, realizado pelo Governo do Estado, também podem contribuir para fortalecer esse importante produto turístico e melhorar a qualidade de vida para a população local, com geração de renda e emprego”, ressalta o secretário Rafael Brito.

Ascom – 27/06/2018

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *