BALANÇO: SMS imunizou dois mil idosos acima dos 85 anos até a manhã de hoje (29)

Com o início da vacinação dos idosos acima dos 85 anos, ontem (28), em Maceió, muita gente procurou os três postos espalhados pela cidade. Nos shoppings Maceió (Mangabeiras) e Pátio (Beneditos Bentes) e no drive-thru do Estacionamento Jaraguá, que funcionam das 10h às 16h, já foram imunizadas cerca de duas mil pessoas até a manhã de hoje (29).

O secretário municipal de saúde, Pedro Madeiro, vê de forma positiva a busca pela vacina no primeiro dia, mas alerta que não é necessário que as pessoas cheguem antes do horário.

“Nós estamos iniciando mais uma etapa da vacinação e, dessa vez, imunizando os nossos idosos com mais de 85 anos. Nossa estrutura está pronta para receber a população e estamos trabalhando para sempre melhorar. Por isso, ampliamos a quantidade de equipes nos pontos que funcionam das 10h às 16h”, ressalta o secretário.

No caso dos idosos acamados que têm mais de 85 anos, a vacinação também já começou. Para o cadastramento deste público, a SMS disponibilizou o telefone 3312-5589 e e-mail [email protected]. Até a manhã de hoje (29), já haviam sido cadastrados 630 usuários.

Para realizar o cadastro é necessário nome completo, idade, data de Nascimento, CPF, endereço completo, ponto de referência, contato e nome do responsável. Após cadastro, equipes da secretaria entram em contato e agendar a imunização dos idosos.

Quem não deve se vacinar?

Não devem ser vacinadas pessoas com sintomas gripais ou que tiveram Covid-19 há menos de 30 dias. Também é necessário um intervalo de 14 dias para qualquer vacina que o usuário tenha recebido, como dT [difteria e tétano], Hepatite B, etc.

Pessoas em uso de corticosteroide há mais de 14 dias, em dosagem superior a 20 mg/dia, ou drogas imunossupressoras precisam aguardar o término do tratamento (de 30 a 90 dias a depender da droga) para receber qualquer vacina.

Já os pacientes com doença reumatológica imunomediada ou outras doenças em uso de corticosteroide contínuo diário precisam de avaliação do profissional que o acompanha para autorização da vacinação. Nestes casos, é necessário apresentar a prescrição médica.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!