BALANÇO: HGE atende 1.220 pessoas no feriadão da independência

No final de semana prolongado, devido ao feriado da Independência do Brasil, o Hospital Geral do Estado (HGE) registrou 1.220 atendimentos. Do total, 1.045 foram na unidade hospitalar e 175 na Central de Triagem localizada no Ginásio do Sesi.

O dia mais movimentado, segundo observou Paulo Teixeira, médico e gestor do hospital, foi a sexta-feira (4), com 286 assistências no hospital e 55 na Central de Triagem para Covid-19. Ele salientou, ainda, que os casos clínicos representaram 64,78% dos atendimentos no feriadão, com 677 entradas, o que acarretou um fluxo maior na área Azul do hospital.

“Apesar do grande movimento, todos receberam a assistência precisa. Estamos percebendo que, após o pico da pandemia, o HGE vem recebendo casos graves de diabetes descompensado, por exemplo, entre outros casos clínicos não acompanhados. O que revela que, durante este período de isolamento, muita gente descuidou da saúde”, referiu o médico.

O hospital contabilizou ainda, o atendimento a 330 vítimas de acidentes, 31 de agressões, seis com queimaduras e uma que tentou tirar a própria vida. Dos acidentes, 219 aconteceram de forma casual ou doméstica, 98 no trânsito e 13 no ambiente profissional (trabalho). A unidade hospitalar ainda apostilou 731 altas, 263 internações, 111, transferências e 75 cirurgias.

Covid-19 – No feriadão, 136 pessoas realizaram o teste rápido para o novo coronavírus na Central de Triagem localizada no Ginásio do Sesi. O resultado foi positivo em 10 delas. O último boletim de ocupação dos leitos exclusivos para o novo coronavírus, divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), mostra que o Hospital Geral está com 5% dos leitos ocupados para a doença, o que equivale a um paciente.




Botão Voltar ao topo