BALANÇO: cerca de 40 mil pessoas já foram atendidas pelas Centrais de Triagem para a Covid-19

As Centrais de Triagem para diagnóstico da Covid-19 localizadas em Maceió, Arapiraca e Santana do Ipanema já atenderam 39.050 pessoas durante a pandemia do novo coronavírus. Do total, 29.583 foram submetidas ao teste rápido e 8.352 apresentaram resultado positivo para a doença.

Em Maceió, a Central de Triagem localizada no Ginásio do Sesi, no bairro Trapiche, já atendeu 22.613 pessoas deste o último dia 14 de abril até esta quinta-feira (2). Do total, 16.150 usuários foram submetidos ao teste rápido e 3.669 foram diagnosticados com Covid-19.

Também na capital alagoana, a Central de Triagem localizada no Shopping Pátio Maceió, na pista de acesso ao bairro Benedito Bentes, já atendeu 9.787 pessoas entre o dia 18 de maio e esta quinta. No período, 8.800 pessoas foram testadas para a Covid-19 e 3.191 apresentaram resultado positivo.

No Sertão do estado, em Santana do Ipanema, a Central de Triagem localizada no Ginásio da AABB já atendeu 574 usuários desde o último dia 15 de junho. Na unidade foram aplicados 226 testes rápidos para a Covid-19 e em 66 deles o resultado foi positivo para o novo coronavírus.

Já no Agreste, na Central de Triagem situada em Arapiraca, no Ginásio João Paulo II, foram atendidas 6.076 pessoas. Destas, 4.407 foram testadas para a Covid-19 e 1.426 apresentaram o resultado positivo para a doença.

Para ser atendido nas quatro Centrais de Triagem montadas e mantidas pelo Governo do Estado, o usuário deve apresentar os sintomas da Covid-19 há, pelo menos, oito dias. A partir de então, ele deve se dirigir à unidade portando um comprovante de residência, documento de identificação e o Cartão SUS.

Beneficiado – Entre os alagoanos beneficiados pelas Centrais de Triagem, o advogado Denilson Barros, de 38 anos, esteve no último dia 30 de junho na unidade localizada no Ginásio do Sesi. Após ser acometido por diarreia, dor no corpo e de cabeça, além de febre, ele procurou a unidade para ser submetido ao teste rápido.

“Perdi um tio em razão da Covid-19 e, mesmo com sintomas leves, resolvi vir à Central de Triagem. Em um dos dias que senti os sintomas, cheguei a ter uma saturação de 92%, mas, felizmente, não precisei ser hospitalizado. Vou me cuidar para que a recuperação ocorra sem maiores complicações”, destacou o advogado.




Botão Voltar ao topo
Fechar