Auxiliares da Justiça devem realizar cadastro em nova plataforma da CGJAL até quinta (26)

O prazo para que profissionais e empresas credenciadas no Banco de Peritos, Tradutores e Intérpretes e Administradores Judiciais realizem um novo cadastro para que continuem prestando serviços ao Judiciário Alagoano termina nesta quinta-feira (25).
A partir do dia 26, serão considerados apenas os Auxiliares da Justiça que estiverem com os dados atualizados na nova plataforma, desenvolvida pelos setores de tecnologia do Tribunal de Justiça (TJAL) e Secretaria-Geral da Corregedoria-Geral da Justiça (CGJAL).
“O antigo sistema, que já estava desativado desde o dia 25 de outubro, não será mais considerado pelos Magistrados e Magistradas de Alagoas para a designação dos Auxiliares da Justiça. Então, é necessário que um novo cadastro seja feito, para que haja a homologação dos documentos por uma equipe especializada”, comentou a servidora da CGJAL, Luana Pimentel.
As oportunidades são para diversas áreas do conhecimento, para atuação em processos judiciais que necessitam de parecer técnico e, para os administradores judiciais, nos processos de falência e recuperação judicial.
Médico, dentista, psicólogo, engenheiro civil, assistente social, como também os graduados das áreas ambiental e criminal, por exemplo, são alguns dos profissionais que podem atuar no Judiciário alagoano como perito judicial.
Informações sobre credenciamento, designação e honorários periciais podem ser encontradas nos Provimentos nº 30, de 04 de outubro de 2021, e nº 32, de 21 de outubro de 2021. O cadastro deve ser realizado aqui.
Em caso de dúvidas, é só entrar em contato com a Secretaria-Geral, pelo e-mail: [email protected]
Com Ascom CGJAL
Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo