Auditório da Escola Nosso Lar passa por revitalização

O auditório  Professora Carmen Leite Oliveira dos Santos, o maior da Rede Municipal de Educação, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Nosso Lar I, no bairro Ponta Grossa, passou por uma revitalização completa e será entregue ainda nesse semestre à comunidade escolar.

O auditório conta com 250 lugares, com poltronas adaptadas para pessoas com mobilidade reduzida e obesidade. Além disso, o local foi planejado e reformado para que oferecesse acessibilidade aos cadeirantes e aos deficientes visuais.

Em 2016, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Nosso Lar I foi entregue à comunidade depois de passar por uma grande reforma, com salas amplas, laboratórios de informática, ciências e artes, biblioteca, sala de recursos, sala multiuso, área administrativa completa, complexo alimentar, refeitório, área de serviço, auditório e outros ambientes.

A revitalização foi realizada com recursos próprios da Prefeitura, que investiu R$87.027,50 para que o  auditório contasse com climatização, blackout e suporte elétrico novo, além de com um palco amplo e com acessibilidade, camarins masculino e feminino e sala de sonografia.

O auditório recebeu o nome de Professora Carmen Leite Oliveira dos Santos em homenagem a docente que se dedicou por muitos anos à diretoria do Instituto Walter Pitombo Laranjeiras, que fica na Vila Brejal, uma das comunidades atendidas pela Nosso Lar. O espaço servirá como referência para formações, eventos e  solenidades das unidades da Rede.

A diretora da Escola, Gilda Verbenia Rodrigues da Silva Venerini, acredita que o auditório vai mudar o cotidiano dos alunos. “A nossa escola recebeu um ambiente climatizado, devidamente mobiliado, lindo e digno. Um auditório como o que a nossa comunidade escolar ganhou, muitas escolas particulares não têm. É mais uma demonstração de responsabilidade para com a Educação. Este espaço é um instrumento de promoção humana e, tenho certeza, que a comunidade irá refletir esse investimento em aprendizado. É mais do que um espaço físico bonito, é acreditar que a Educação transforma vidas”, afirmou.




Botão Voltar ao topo