Ângela Garrote convida para evento de filiação do Mulheres Progressistas

Com o objetivo de incentivar e fortalecer a participação feminina na política partidária e na vida pública, a deputada Ângela Garrote (PP), que é presidente Estadual do Mulheres Progressistas, usou a tribuna da Casa para convidar a população feminina alagoana para participar do projeto “Filie-se: mulheres fortalecendo o futuro”, que é de iniciativa da deputada federal Iracema Portela (PP-PI), presidente Nacional do Mulheres Progressistas. A campanha de filiação ocorre no próximo sábado, 9, na Quadra Poliesportiva João Dantas, em Campo Alegre, a partir das 9 horas. “Uma campanha muito importante para o fortalecimento da nossa democracia. Trata-se da maior campanha de filiação para a população feminina do nosso estado”, assegurou Garrote, acrescentando que o projeto visa ainda fortalecer os quadros do partido para as eleições municipais do próximo ano.

“Nós, mulheres, estamos conquistando a cada dia mais espaços na sociedade. Estamos em postos de comando nas empresas, no setor público, nas universidades e em vários setores importantes”, observou Garrote, destacando que apesar dos avanços na política e de serem mais da metade do eleitorado brasileiro, as mulheres ainda são minoria nesse universo que é predominantemente masculino. “Precisamos alterar esse cenário. E o primeiro passo é entrar em algum partido político. Os partidos também precisam mudar”, avalia a parlamentar, alertando às legendas partidárias para que intensifiquem suas ações, visando atrair mais lideranças femininas. A deputada lembra que a política tem sido, nos últimos anos, alvo de críticas contundentes por parte da população que, cansada dos desmandos na esfera pública, vem perdendo as esperanças em seus governantes. “Com olhar diferenciado, podemos exercer a atividade política de maneira singular, aliando razão e sensibilidade para ajudar Alagoas a se desenvolver cada vez mais, sempre com equilíbrio e sustentabilidade”, concluiu.

O discurso de Ângela Garrote foi aparteado pelos deputados Inácio Loiola (PDT), Léo Loureiro (PP), Tarcizo Freire (PP) e pela deputada Cibele Moura (PSDB). Esta parabenizou a colega pelo comprometimento e pela iniciativa e classificou o quadro político feminino como “assustador”. De acordo com ela, dos 102 municípios alagoanos, apenas 19 são comandados por mulheres, o que representa 18,6% das prefeituras. “Aqui na Assembleia temos a maior bancada feminina da história, no entanto, entre os 27 parlamentares, somos apenas cinco. Representamos também 18,5% do percentual parlamentares desta Casa”, observou, Moura, lembrando ainda que a bancada alagoana federal conta apenas com uma representante feminina, a deputada Tereza Nelma (PSDB).