Adolescente é apreendido suspeito de participar de homicídio em Jacaré dos Homens, AL

A Polícia Civil apreendeu nesta segunda-feira (21), um adolescente suspeito de ter participado de um homicídio contra outro adolescente de 14 anos, no município de Jacaré dos Homens. A morte do jovem teve bastante repercussão no Sertão de Alagoas. Ele residia em Jacaré dos Homens e foi visto pela última vez na cidade de Monteirópolis no dia 28 de junho deste ano.

O cumprimento do mandado de Apreensão de Menor Infrator foi efetivado pelos delegados Carlos Reis, gerente de Polícia Judiciária da Região 4 (GPJ 4) e Valter Nascimento, titular da Delegacia Regional de Batalha (3ª DRP).

De acordo com o delegado Valter Nascimento, que presidiu o inquérito policial, a Polícia Civil conseguiu desvendar o mistério envolvendo o caso. Segundo apurado pela investigação, a vítima, no dia do fato, à noite, se encontrava na companhia de dois amigos que também residem em Jacaré dos Homens, sendo um maior e outro menor de idade, oportunidade em que decidiram ir à cidade de Monteirópolis para fazerem um lanche e ainda adquirirem droga para uso próprio.

Após isso, o autor menor de idade e o co-autor, este de maior idade, persuadiram a vítima a se deslocarem até a localidade denominada Fazenda Massapê, na chamada Estrada de Olivença, Zona Rural de Jacaré dos Homens, onde ali passariam a usar a droga adquirida. Eles pararam em frente a uma casa abandonada existente naquela localidade e assim a vítima passou a usar droga.

“O adolescente, que havia premeditado o ato infracional, levando inclusive as armas consigo, valendo-se da vulnerabilidade da vítima, que a essa altura estava debruçada sobre o capô do carro inalando droga, usando uma marreta, por trás, o executou inicialmente desferindo golpes na sua nuca e depois, usando uma faca peixeira e um cotelo, aplicou-lhe inúmeras facadas em seu tórax, causando ferimentos mortais”, detalhou o delegado Regional.

A autoridade policial disse ainda que, após isso, o adolescente junto com o co-autor maior de idade carregaram o corpo, passaram por um cercado de arame farpado, arrastaram o corpo por cerca de 50 metros, passando por dentro de uma casa abandonada e o atiraram numa cisterna. Depois foram lavar o sangue da vítima nas águas do açude Capilé, na entrada da cidade de Jacaré dos Homens, local onde atiraram as armas usadas no cometimento do ato delituoso.

A Polícia Civil desvendou o crime, as armas recuperadas e apreendidas, os autos concluídos com representação de prisão e apreensão dos autores. Para a localização dos instrumentos utilizados no crime, o delegado Regional de Batalha solicitou o apoio de margulhaores do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas.

O delegado Valter narrou que o motivo do assassinato do adolescente foi em virtude de supostas ameaças cometidas pela vítima por causa de dívidas contraídas junto a traficantes, e para impedir que ele delatasse um suposto furto de uma motocicleta que teria sido furtada pelos autores.

O menor apreendido deverá ser recolhido na Unidade de Internação Masculina (UIM) de Maceió. O co-autor, maior de idade, ainda não foi localizado e é considerado foragido pela Polícia Civil alagoana que continua com o trabalho visando efetivar sua prisão.




Botão Voltar ao topo