Acusada de mandar matar médico é condenada a 19 anos de prisão

Foi condenada a 19 anos e 3 meses de prisão, a acusada de mandar matar o seu ex-companheiro, o médico Francisco Rodrigues Freire. O júri foi iniciado na segunda-feira (15), no Fórum do Barro Duro, em Maceió, e se estendeu pela madrugada desta terça-feira (16).

Silvana de Oliveira Lins Macêdo passou mal após a decisão e precisou ser socorrida. Durante o julgamento, ela foi ouvida e negou que pagou R$ 2 mil a Aldreis dos Santos Oliveira, condenado em 2014 como autor material do crime.  O advogado de defesa, Marinesio Luz, disse que vai recorrer da decisão.

O crime ocorreu no dia 7 de junho de 2007, por volta das 20h30, na Rua Formosa. Segundo as investigações, dois homens estavam em uma motocicleta e disparam vários tiros contra o médico, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.