dona_de_casa_de_54_anos_enem_2

Aos 54 anos, a dona de casa Rubia Cavalcanti tenta uma vaga na universidade pela 4ª vez por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Ela conta que já foi aprovada no curso de matemática, mas não gostou da área e agora tenta pedagogia ou letras. As provas acontecem neste sábado (5) e no domingo (6).

“Tenho quatro filhos. Eles e meus irmãos me dão muito apoio. Nunca tive como pagar uma faculdade particular, então essa é a oportunidade de conseguir me formar”, afirma.

Rubia revela que o seu maior sonho é cursar medicina, mas a concorrência é alta e ela acha que não estuda o suficiente para ter uma chance real de entrar no curso. “Não é a primeira vez que faço, já passei em matemática, mas a área de exatas não é comigo. Vou fazer pedagogia ou letras”.

Os portões foram fechados pontualmente ao meio-dia. Em um dos principais locais de prova de Maceió, no bairro de Cruz das Almas, não houve nenhum registro de atrasados.

Locais ocupados
O número de locais de prova do Enem subiu para 17 em Alagoas, segundo a últimal lista divulgada pelo O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Com isso, mais de 8,5 mil candidatos não farão provas neste fim de semana. As mais recentes ocupações foram em três escolas da cidade de Girau do Ponciano.

O Inep contabiliza 19 locais de prova ocupados, entre eles o campus da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal) e a Escola Estadual Costa Rego, que funcionam no mesmo prédio, portanto trata-se de apenas um local. Também aparece na relação do Inep a Escola Estadual Lions Club, no mesmo município, mas, segundo a Secretaria de Educação (Seduc) e a Ubes, ela não está ocupada.

Mais de 400 locais em todo o país estão na mesma situação. A aplicação das provas nos locais ocupados foi adiada para os dias 3 e 4 de dezembro, segundo o Ministério da Educação (MEC).

G1

05/11/2016

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *