APERTO! Vereador anuncia que desconto de empréstimo feito pelos servidores públicos de Maceió com parcela do 13º, pode ser suspenso pelo banco

Com a suspensão dos pagamentos dos 13º dos servidores públicos de Maceió, a instituição bancária responsável pela folha, vem estudando uma maneira de adiar a cobrança dos empréstimos consignados feitos com a antecipação dessa parcela. O que vinha ocorrendo, segundo o líder do governo na Câmara, vereador Samyr Malta, era que os servidores estavam ficando sem salário algum, já que a parcela do décimo não foi depositada e o banco acabava descontando do próprio do salário.

O vereador ressaltou ainda, que não se trata de uma medida consolidada, mas que poderá ocorrer tendo em vista que outras capitais, a exemplo de São Paulo, também estão passando pela mesma situação. De acordo com Malta, o pedido para a suspensão dessa cobrança havia sido feito pelo Sindicato dos Servidores. “Nós fizemos o pedido junto com a Prefeitura de Maceió e estamos aguardando o banco detalhar como isso poderá ser feito, principalmente, para aqueles servidores que sofreram o desconto total dos salários”, colocou .

A prefeitura anunciou a suspensão do pagamento do 13º no mês de abril, mas os pagamentos estão sem ocorrer desde o mês de março – devido à queda na arrecadação municipal, resultado da crise econômica provocada pela pandemia do coronavírus. Em Maceió, o servidor público recebe o décimo no dia do aniversário.


Botão Voltar ao topo
Fechar