DIA MUNDIAL DA INTERNET – 17/05: os desafios da hiperconexão em momento de pandemia

aplicativos de mensagem, internet, plataformas digitais, aplicativos, e-mail, redes sociais

“Com quantos gigabytes se faz uma jangada. Um barco que veleje. Que veleje nesse informar”. Os versos de Gilberto Gil, no ano de 1996, tratavam da admiração e estupefação do poeta diante de uma das grandes novidades do século 20. Graças à internet que, mesmo em isolamento social durante a pandemia, todos aqueles que têm acesso podem, em 2020, navegar, trabalhar, estudar, olhar, viver o mundo sem sair de casa.

Neste domingo (17) é celebrado o Dia  Mundial da Sociedade da Informação, conhecido como Dia da Internet, há cinco anos, graças a uma deliberação da Organização das Nações Unidas (ONU) para recordar a importância do compartilhamento de ideias e informações como ferramenta em prol da democracia e cidadania. Uma forma de sensibilizar e fazer gestões para diminuir a exclusão digital. Celebrar o 17 de maio tem origem em 1865 (há 155 anos) com o Dia Internacional das Telecomunicações, quando 20 países reconheceram o crescimento da importância do telégrafo para o mundo.

Desperta o melhor

Aquele planeta em que tudo era distante se transformou. Sabemos em instantes o que ocorre na Ásia, como se ocorresse na esquina de casa. Os cientistas que lutam contra a pandemia em 2020 veem-se em uma aldeia global e que podem compartilhar saberes aceleradamente. Nesse momento, atendimentos (inclusive os médicos) são feitos de forma virtual também. Um exemplo recente de publicação foi tratado no programa jornalístico diário da TV Brasil, o Repórter Brasil, sobre a Missão Covid, em que profissionais atendem voluntariamente 24 horas por dia.


Botão Voltar ao topo
Fechar