Para combater coronavírus, Marx Beltrão destina R$ 500 mil para UTI do HU da UFAL

Combater o coronavírus e ofertar melhores condições para tratamento emergencial dos diagnosticados com Covid-19 no Hospital Universitário (HU) da Universidade Federal de Alagoas. Com este objetivo o coordenador da bancada alagoana no Congresso Nacional, deputado federal Marx Beltrão (PSD), garantiu R$ 500 mil em emenda parlamentar de sua autoria para investimento na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) desta unidade hospitalar.

O anúncio da alocação dos recursos foi feito nesta terça-feira (24). Os R$ 500 mil serão investidos na compra de kits com respiradores para os leitos da UTI do HU, perfazendo um total de R$ 360 mil. Os R$ 140 mil restantes serão utilizados para que o Hospital adquira insumos como álcool em gel, luvas, máscaras e demais materiais. Todos os itens – kits de respiradores e materiais diversos – são vitais para que a unidade reforce o atendimento dos enfermos alagoanos contaminados com o coronavírus.

“Juntos vamos vencer esta batalha contra o coronavírus. Estou dedicado a esta missão. Por isso, garanti em Brasília uma emenda no valor de R$ 500 mil para que o Hospital Universitário da Ufal monte 3 UTIs com kits completos de respiradores e compre insumos para atender pacientes com Covid-19. Estamos mobilizados para apoiar a gente alagoana neste momento difícil, sugerindo medidas econômicas ao governo e articulando para que recebamos recursos aptos a melhorar o atendimento aos acometidos por este mal, e também para medidas preventivas” disse Marx Beltrão.

Com valor estimado em R$ 120 mil, cada kit integra uma cama ou maca hidráulica, um ventilador pulmonar, um monitor multiparamétrico e um oxímetro de pulso. O HU tem 300 leitos, sendo que 81 destes estão fechados por falta de equipamentos e de pessoal. A unidade hospitalar atende 100% pelo SUS (Sistema Único de Saúde), recebendo cerca de 30 mil pacientes por mês para consultas e cirurgias. A fim de melhorar as condições de atendimento aos diagnosticados com coronavírus, o reitor da Ufal Josealdo Tonholo e o superintendente do HU Célio Rodrigues determinaram a adaptação de 8 leitos exclusivos para as demandas relativas ao Covid-19.

“O momento é de união e de soma de esforços nos três níveis. Cada centavo que conseguimos viabilizar para melhor equipar nossa rede de saúde se converte em mais um passo em direção ao controle da transmissão do coronavírus e também do tratamento adequado, humano e eficaz dos doentes. No caso do HU da Ufal, é fundamental ressaltar que este hospital atende a um público muitas vezes em condições de vulnerabilidade social, e que encontra neste hospital um tratamento de excelência. O HU exerce um protagonismo na saúde de Alagoas e necessita de atenção especial” concluiu o parlamentar.