Novo decreto: velórios e sepultamentos de vítimas do coronavírus terão limite de tempo e de pessoas

A medida é parte de um decreto publicado na edição suplementar do Diário Oficial do Município (DOM) dessa segunda-feira (23), assinado pelo prefeito Rui Palmeira. Os possíveis velórios e sepultamentos de vítimas do coronavírus terão limite de duração de 1 hora e só poderão contar com, no máximo, 10 pessoas.

“Em casos de mortes por causa do coronavírus, até em casos suspeitos, a duração máxima será de uma hora por velório e enterro, com o caixão fechado e limite de dez pessoas”, trouxe o decreto.

A publicação também traz orientações para outros sepultamentos e a participação de idosos. “Já no caso de óbitos que não sejam decorrentes da pandemia, a duração máxima será de três horas com a presença de 20 pessoas. Os idosos com mais de 60 anos, as pessoas com doenças crônicas e as suspeitas de ter contraído coronavírus, não devem comparecer ao cemitério”, diz a Prefeitura.

O prefeito também decretou que os laboratórios privados informem ao Município, por telefone indicado ou e-mail, quaisquer casos de diagnóstico do coronavírus.

Também consta do decreto a autorização para suspender, por 30 dias prorrogáveis, férias e licença dos profissionais da área de saúde do Município de Maceió, devendo ser reprogramadas para outro período.