Enfermeira de Palmeira dos Índios fica em 1º lugar em evento nacional sobre Vigilância em Saúde

Texto de Mary Wanderley

A enfermeira de Palmeira dos Índios Cristiane dos Santos Ferreira ficou em 1º lugar na Mostra Competitiva na modalidade oral, nesta sexta-feira (6), na 16ª Expoep, em Brasília. A autora foi a única representante de Alagoas e se destacou com o trabalho “Ô de casa: estratégia de reorganização do fluxo de atendimento de hipertensos e diabéticos em uma zona rural do município”.  Os 2º e 3º lugares foram para os Estados de Sergipe e Rio Grande do Sul, respectivamente. O evento contou com a inscrição de mais de 1.8 mil experiências exitosas.

Cristiane dos Santos Ferreira ficou em 1º lugar na Mostra Competitiva na modalidade oral

De acordo com Cristiane, subir ao palco em uma premiação nacional a fez pensar sobre a sua trajetória de vida, marcada por dificuldades e desafios mas também por dedicação, garra, perseverança e compromisso. “Fazer Enfermagem no cenário atual não é fácil. Mas quando penso que posso contribuir de forma significativa para a melhoria das condições de saúde de uma população, tenho a convicção de que estou no caminho certo”, reforçou ela, acrescentando a felicidade em representar Alagoas e  Palmeira dos Índios pela segunda vez consecutiva no maior evento de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde.

O trabalho de Palmeira dos Índios concorreu com os de: Vigilância, prevenção e controle de doenças crônicas não transmissíveis, das causas externas e ações de promoção da saúde; o olhar qualificado nos acidentes de transporte terrestre em Aracaju: fator determinante na redução dos óbitos 2014-2018; contribuições para o aprimoramento da vigilância da violência interpessoal/autoprovocada contra populações vulneráveis no Rio Grande do Sul: o Sinan, a equidade em saúde e a intersetorialidade.