Universitário é preso com mais de 10 mil arquivos de pornografia infantil


Universitário é preso com mais de 10 mil arquivos de pornografia infantil

Um universitário de 27 anos foi preso em flagrante pela Polícia Civil de Pernambuco, no Grande Recife, com mais de 10 mil arquivos de pornografia infantil. Os vídeos e as fotos estavam guardados no computador do estudante de engenharia da computação, considerado pela corporação o principal alvo investigado no estado por esses tipos de crime. “Ele é quem mais baixou e compartilhou arquivos de pornografia infantil”, afirmou o gestor do Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA), delegado Darlson Macedo.

As informações foram repassadas na quinta-feira (18), durante entrevista coletiva realizada no Recife. A ação policial marcou o dia nacional de luta contra a exploração sexual na infância, diz o G1.

A notícia continua após a publicidade!

De acordo com Macedo, o crime cometido pelo suspeito, capturado em Maranguape I, no município de Paulista, horas antes da entrevista, será investigado pela Justiça Federal em Pernambuco. “Compartilhar fotos e vídeos de crianças na internet é crime federal. Ele pode pegar até seis anos por isso. E também até quatro anos de prisão por armazenar os arquivos”, afirmou.

O delegado ressaltou que a operação é fruto de um treinamento feito com policias americanos do FBI. “Aprimoramos as informações e a prática de investigação de casos de armazenamento de pornografia infantil”, declarou.

Além do universitário, os policiais do DPCA fizeram outra prisão de suspeito de envolvimento nesse tipo de crime. Um corretor de seguros de 48 anos foi detido em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. Ele estava, segundo a polícia, com sete arquivos de fotos e vídeos.

Em Bezerros, no Agreste, os policiais civis também encontraram um suspeito de praticar crimes de armanezamento de compartilhamento de arquivos de pornografia pela internet. Ao chegar à residência do suspeito, os agentes identificaram que ele estava baixando arquivos. O homem foi levado ao presídio de Caruaru, na mesma região.

19/05/2017