Tome Nota – Por José Elias


ALAGOAS NA AGENDA DE PRIORIDADES – Renan Calheiros, reeleito senador da República: “Alagoas sempre estará na minha agenda de prioridades!”.


PREFEITO FAZ OPOSIÇÃO A ELE MESMO – Um prefeito de Alagoas é agora oposição a ele mesmo: “Não acerta um chute ao gol!” – lamenta cientista Joinha.

RUI VAI ESCOLHER CHAPA DA SUCESSÃO – Jorge VI, vice da chapa de Pinto de Luna: “Prefeito Rui Palmeira vai escolher a chapa da sua sucessão!”.

VEREADOR FAZ O SINAL DA CRUZ – Perguntaram ao vereador Kelmann Vieira se toparia disputar o cargo de prefeito de Maceió: “Deus me livre!”.

BATEU PORTA NA CARA DE AGIOTAS – Grupo de agiotas na calçada do dirigente Juca Carvalho: “Procure candidatos derrotados!” – bateu a porta.

COM FICHA DO AVANTE DENTRO DA PASTA – Marcos Toledo vai procurar a ex-prefeita Célia Rocha em Arapiraca: Com a ficha de filiação do Avante na pasta.

CRAVOU TOURO NO JOGO DO BICHO – Artilheiro Jorge da Sorte só teve 21 votos pra deputado estadual: Jogou no Tigre na banca do Bicho.

Saiba mais sobre os bastidores da política alagoana em: www.blogdojoseelias.com.br

Siga o Blog do José Elias nas redes sociais:

Instagram:@blogdojoseelias.com.br

Facebook: blogdojoseelias.com.br

 Twitter: blogdojoseelias
#politica #politicalagoas #politicalagoana #eleiçoes #eleiçoes2018
#candidatos #joseeliasjornalista #blogdojoseelias #alagoas

COMPARTILHAR
Artigo anteriorNota de Falecimento – Delegado Nilson Alcântara – 14/10/2018
Próximo artigoProfessora desafia obstáculos para ensinar em escola indígena de Alagoas
José Elias
José Elias é alagoano de Maceió, iniciou no jornalismo na Gazeta de Alagoas, passando pela rádio e jornal, empresa na qual ele atua como colunista de política há 35 anos. Na casa, exerceu o cargo de diretor de Comunicação da Organização Arnon de Mello e comentarista de política da TV Gazeta. Trabalhou como repórter nas rádios Progresso, Difusora e Palmares, além do Jornal de Alagoas e Jornal de Hoje. Ocupou o cargo de secretário municipal de Comunicação dos prefeitos Fernando Collor de Mello, José Bandeira e Djalma Falcão. Foi ainda secretário estadual de Comunicação do governo Moacir Andrade.