Polícia Rodoviária Federal prende três suspeitos de aplicarem golpe no Uber


Três homens foram presos, na madrugada deste domingo, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), suspeitos de estelionato, em uma abordagem na Rodovia Presidente Dutra, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Eles estavam usando o aplicativo Uber para fazer corridas de longa distância com celulares e cartões furtados, criando novos usuários.

Agentes da 1º Delegacia (Caxias) faziam uma fiscalização quando suspeitaram de um carro Renault Duster prateado parado no acostamento. Durante a abordagem, os ocupantes do veículo apresentaram relatos diferentes. O condutor alegou ser motorista do Uber e a outra pessoa disse ser um suposto passageiro, informa o Extra.


Ao verificar o aplicativo, os agentes constataram que o cadastro era de outro motorista, diferente do apresentado, e o passageiro também não era quem estava no carro. Apenas no sábado foram feitas cinco corridas para Mangaratiba, totalizando mais de R$1mil.

Durante buscas no veículo foram encontrados quatro celulares, sete chips de celulares e quatro cartões de crédito, dos quais os suspeitos não souberam explicar a procedência. Os policiais conseguiram prender um terceiro suspeito que também estava no esquema. A ocorrência foi encaminhada a 52º DP (Nova Iguaçu).

16/07/2017