Monaco atropela Borussia de novo e volta à semi após 13 anos

Monaco atropela Borussia de novo e volta à semi após 13 anos

Depois de ter vencido fora de casa por 3 a 2, o Monaco voltou a bater o Borussia Dortmund, nesta quarta-feira, em partida válida pelas quartas de final da Liga dos Campeões, no Stade Louis III. O placar do jogo foi 3 a 1 e, no agregado, o confronto terminou em 6 a 3 para o time do principado.

O confronto foi marcado pelo Borussia Dortmund tendo mais posse de bola, beirando os 70%, já que precisava buscar o resultado. Contudo, os comandados de Leonardo Jardim finalizaram mais vezes (16 contra nove). Parte do motivo desses números, foram os contra-ataques aproveitados e a boa marcação dos mandantes.

A equipe de Leonardo Jardim irá descobrir o seu adversário das semifinais na sexta-feira, quando a Uefa irá realizar sorteio. Os quatro semifinalistas da Champions League são Monaco, Real Madrid, Juventus e Atlético de Madrid. Os jogos da próxima fase estão previstos para 2,3, 9 e 10 de maio.

 A partida mal começou e o Monaco abriu o placar e ampliou a sua vantagem no placar agregado. Aos três minutos, o lateral esquerdo Mendy arrancou do meio de campo e finalizou da intermediária. Após o goleiro Burki defender, Mbappé pegou o rebote livre no meio da área e só empurrou a bola para o fundo do gol.

Os mandantes não demoraram para voltar a marcar. Depois do Borussia Dortmund desperdiçar uma boa chance de gol, Mendy fez boa jogada pelo lado esquerdo, rolou para Mbappé, que ajeitou para Lemar. Este cruzou e Falcao se adiantou à marcação e deixou o jogo em 2 a 0 com um belo gol de cabeça.

Depois de um início em ritmo alucinante, a primeira etapa terminou em ritmo mais lento e sem grandes chances de gols. O único lance que se destacou foi aos 37 minutos, quando Dembélé, que entrou no lugar de Durm, enfiou para Reus, que tocou de primeira para Aubameyang. Contudo, o goleiro Subasic saiu bem do gol e interrompeu a bola trama da equipe auri-rubro.

No retorno do intervalo, o Borussia Dortmund descontou. Dembélé fez grande jogada pelo lado direito, fez dois cortes para vencer Mendy na corrida e cruzou para o meio da área. Reus aproveitou a bola e chutou de primeira no ângulo direito.

Quem teve as melhores chances de gol após o time de Thomas Tuschel balançar as redes, foi o Monaco. Aos quatro minutos, após cobrança de escanteio, Touré cabeceou muito bem e forçou o goleiro Burki a fazer uma grande defesa. Já aos 19, Falcao recebeu o passe dentro da área, se livrou da marcação e entrou marcar de cavadinha, mas a bola foi por cima da meta do clube alemão.

Os visitantes só voltaram a ter uma grande chance de movimentar o placar aos 29 minutos. Dembélé tentou o passe para Kagawa e a bola sobre para Reus, que finaliza, mas para no goleiro Subasic.

O treinador Leonardo Jardim mostrou que está em grande fase, aos 35 minutos da segunda etapa, tirando Mbappé para colocar Germain. No lance após a substituição, Lemar roubou a bola na saída de jogo do Dortmund, arrancou e cruzou para Germain, cara a cara com o goleiro, tocar em baixo das pernas de Burki.

terra

19/04/2017