Acusado de assédio sexual, apresentador da Fox é demitido


Acusado de assédio sexual, apresentador da Fox é demitido

Acusado de assédio sexual, o apresentador americano Bill O’Reilly foi demitido da Fox News. Em comunicado, a matriz Twenty-First Century Fox informou que, depois de uma análise cuidadosa das alegações, as partes chegaram a um acordo, e o jornalista não mais fará parte da grade de programação do canal.

Dono de uma das maiores audiência da TV a cabo americana, O’Reilly estava na emissora há mais de 20 anos, período em que se consolidou como um dos principais comentarista políticos conservadores na imprensa do país, conforme MSN.

A notícia continua após a publicidade!

No início de abril, Wendy Walsh, que participava do programa The O’Reilly Factor como convidada regular, procurou a emissora para reportar um caso de assédio sexual por parte do apresentador. Segundo Wendy, O’Reilly impediu que ela conseguisse um trabalho na emissora depois de ela negar seu convite para encontrá-lo em seu quarto de hotel após um jantar, em 2013. Após a denúncia, o apresentador foi afastado do programa.

Em carta aos funcionários, o diretor executivo da 21st Century Fox, Rupert Murdoch, e seus filhos, Lachlan e James, escreveram: “Nós temos plena confiança de que a Fox News continuará como uma forte emissora de televisão a cabo. Queremos reforçar nosso comprometimento em construir um ambiente de trabalho baseado na confiança e respeito”.

Depois das acusações se tornarem públicas, o jornal The New York Times informou que Fox e O’Reilly pagaram 13 milhões de dólares em acordos com cinco mulheres que acusaram o apresentador de assédio sexual.

20/04/2017